sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Não esqueça do PDV!


Vivemos um momento interessante em termos mercadológicos. A  infinidade de mudanças em termos de comportamento do consumidor com o uso das tecnologias digitais estão deixando os gestores um pouco confusos. A moda agora é investir no ambiente virtual. Certo, ou melhor, certíssimo, mas não deixe de lado os outros itens de seu mix de marketing. De nada adianta ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais se o seu produto não for bom.
Isso se aplica também ao seu PDV (ponto de venda). Lembre-se que os consumidores usam os meios digitais para buscar informações a respeito de seu produto, o “Momento Zero da Verdade” (baixe o livro, é muito bom http://v1.google-zmot.appspot.com/google-zmot-pt.pdf), mas as compras, em muitas situações, ainda são realizadas no ambiente físico.
Assim, aproveite este momento em que o cliente se dirige a sua loja e transforme-o em uma experiência inesquecível. Faça igual a Apple que dividiu o ambiente de suas lojas por soluções, pois é desta forma que os consumidores procuram seus produtos para resolver os seus problemas. Ou então como a livraria Cultura que criou um ambiente no qual você pode sentar, folhear o livro, tomar um café...comprar um livro é apenas uma conseqüência da experiência, ou do evento, criado em torno de seu negócio principal. Valorize os sentidos em sua loja como o olfato (aromas que tenham sinergia com o seu produto); audição  - um experimento realizado em um supermercado norte-americano , descreve que o simples fato de tocar música clássica levou a um aumento na venda de vinho; tato - ajude o consumidor a manusear ou tocar o produto – veja as embalagens de brinquedo que possuem um orifício para tocar no produto, as crianças adoram por poder fazer um test drive antes de pedir o brinquedo aos pais; componentes visuais principalmente para a localização; organização da loja de uma forma que facilite a locomoção das pessoas para achar o produto que deseja; entre outras estratégias – leia os livros do Paco Underhill, é um ótimo guia para trabalhar o PDV.  
Assim, como os consumidores decidem boa parte de suas compras no PDV, cuide bem deste importante item do Marketing mix e, principalmente, lembre-se que foi sua empresa que convidou os consumidores. Se você não houvesse chamado eles não iriam. Portanto, trate seus clientes da forma que tratamos os nossos convidados!!!

domingo, 26 de agosto de 2012

Sinergia nas estratégias de Marketing


Muito boa a estratégia de marketing dos biscoitos Trakinas. Aproveitando-se do licenciamento do filme A Era do Gelo 4, criou uma versão ... gelada de seu produto e, também, limitada. Uma sinergia adequada. O produto remete a história do filme, esta ligada as crianças que são o seu público alvo e, é uma edição limitada que inconscientemente leva as pessoas a correr para comprar antes que termine.
Muitos acham lógica esta sinergia, mas não é bem assim que funciona. Basta existir uma  moda em torno de uma personalidade ou evento e, todos querem vincular sua marca. Mas, nem sempre existe a sinergia adequada. Não são em todas as situações que os consumidores conseguem entender o vínculo. Veja quantas marcas patrocinam os eventos de MMA. São tantas marcas que é difícil se destacar nesta multidão e, quando se destacam, as vezes pensamos: o que esta marca esta fazendo ai?
Assim, a palavra é sinergia. Cuidado com o famoso “eu também” – o concorrente faz uma ação e você diz, “eu também tenho que fazer”. Controle o seu impulso, respire fundo e lembre-se da Trakinas, Avon com o apoio ao combate ao câncer de mama, Gatorade com os esportes, entre outros.      

Translate